“Como Viver com uma Doença Incurável” de Carolina Torres Fernández e Montse Barderi

(Encontre na Wook)

Sinopse

Uma doença crónica ou incurável pode ser um caminho de possibilidades: um ponto de partida para explorar a nossa essência, encontrar talentos ocultos ou descobrir o sentido da vida.

Viver com uma doença crónica ou degenerativa implica renunciar a uma boa parte do que tínhamos como garantido, mas também encontrar um novo sentido para a vida e descobrir uma sensibilidade potencialmente desconhecida.

Carolina Torres era uma mulher ativa, desportista e cheia de projetos para o futuro quando lhe foi diagnosticada uma doença incurável. Em vez de se entregar ao desespero, assumiu a doença sem renunciar a viver com a intensidade de uma pessoa livre e completa.

Neste livro partilha os resultados da sua grande decisão para recuperar energia, abrir o coração e recomeçar uma vida sã e criativa.
Como Viver com uma Doença Incurável transformará por completo a relação do leitor com a doença, seja ela qual for.

Inclui um plano de trabalho a partir do método Flowing Health – baseado em Yoga, Pilates e Tai Chi – com sugestões que vão desde a alimentação saudável até às meditações, passando por exercícios para fazer numa cama, numa cadeira ou em pé.

Ficha técnica

Autor: Carolina Torres Fernández e Montse Barderi
Coleção: Corpo e Alma
ISBN: 9789897079832
PVP: 16,59 € (IVA incluído)
1ª edição: junho de 2019
Edição atual: 1.ª
Páginas: 288
Apresentação: capa mole
Dimensão: 150x230x19,5 mm

Author: Diogo Coutinho

“A leitura engrandece a alma” (Voltaire) 18 anos. Estudante de Gestão que faz contas aos livros que lê. :) Adoro o cheiro branco a livros novos. A textura delicada das folhas ainda por manusear. As capas e as lombadas que tão naturalmente decoram a minha estante… Mas, acima de tudo, não me contenho perante as palavras leves ou firmes, suaves ou ásperas, que nos permitem viajar, viver e sonhar. Ver com os olhos do outro. Sentir com o seu coração… Abranger o universo que nenhum número poderá algum dia significar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *