“Diário de um Carbonário” de Mário Silva Carvalho

Testemunho de um dos momentos mais violentos e importantes da História de Portugal 

Sinopse

Em 1907, o jovem Constantino da Silva chega a Lisboa. Fugira de Coimbra devido a uma zaragata em que atacou um miguelista para proteger um grupo de estudantes republicanos. O deslumbre com a capital, tão maior e mais sofisticada do que o resto do país, logo é substituído pela realidade: Lisboa é uma cidade pobre, esfaimada e onde o conflito entre monárquicos e republicanos deixa feridos e mortos nas ruas.
Cedo o caminho de Constantino se cruza com a Carbonária, sociedade sinistra e cruel aos olhos dos conservadores, e um juramento secreto atira-o para uma vida dupla: de dia é um alfaiate que passeia pelo Rossio e namorisca operárias; de noite participa em assaltos e agressões violentas em nome dos ideais democráticos e republicanos.
Quando a tesoura e a pistola permitem, o jovem pega na pena e descreve a sua vida, com simplicidade e honestidade, num diário que é um hino emocionante a uma das épocas mais importantes e turbulentas da História de Portugal.

Ficha Técnica

Chancela: Saida de Emergência

Data 1ª Edição: 07/06/2019

ISBN: 9789897731600

Nº de Páginas: 352

Dimensões: [160×230]mm

Encadernação: Capa Mole

Author: Mariana Bernardo

O projeto “Banal Girl” surgiu de uma necessidade de uma rapariga banal de partilhar as suas opiniões sobre os livros que lia. Este projeto surgiu de uma vontade de divulgar a literatura, de a partilhar, de a celebrar. Primeiro apareceu o blog em conjunto com o instagram e este ano surgiu o youtube. O objetivo é falar de livros, celebrá-los e mostrar o quão valiosos são. Prontos para se juntarem à aventura?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *