«Olhar para Trás» de Juan Gabriel Vásquez

O novo livro do autor de O Barulho das Coisas ao Cair – Prémio Alfaguara de Romance

Um romance magnífico de um dos mais aclamados e premiados autores de língua espanhola do presente.

Sinopse

Em Outubro de 2016, o realizador de cinema colombiano Sergio Cabrera assiste, em Barcelona, a uma retrospectiva dos seus filmes. É um acto público de celebração atravessado por um momento íntimo de dor: o seu pai, Fausto Cabrera, acaba de morrer, o seu casamento com uma mulher portuguesa está em crise, e o seu país recusou um acordo de paz que lhe permitiria pôr fim a mais de cinquenta anos de guerra.

A morte do pai é o fim de um ciclo, é o desfecho irremediável de uma relação marcada por silêncios e mágoas tingidos de amor e fascínio. E é o pretexto para Sergio ir desfiando as recordações dos acontecimentos que marcaram a sua vida e a do seu pai. E «não era uma vida qualquer, há que dizê-lo.»

Da guerra civil espanhola ao exílio na América Latina, da Revolução Cultural na China aos movimentos armados dos anos sessenta, o leitor assiste ao desfile de uma vida que é muito mais do que uma grande aventura: é a imagem de meio século de história que abalou o mundo inteiro.

Feitos reais que, nas mãos de um romancista magistral, se transformam no retrato de uma família devastada pelo fanatismo político. Uma narrativa avassaladora, que tem tanto de investigação social e histórica como de retrato privado e íntimo. Mais uma obra extraordinária daquele que é considerado um dos grandes autores contemporâneos da literatura em língua espanhola.

COMPRAR na WOOK

COMPRAR na BERTRAND

Já à venda
Sobre o Autor

Juan Gabriel Vásquez nasceu em Bogotá, Colômbia, em 1973. Estudou Literatura na Sorbonne em Paris e fez de Barcelona a sua casa por mais de uma década.

É autor dos romances Os informadoresHistoria secreta de Costaguana (Prémio Qwerty), O barulho das coisas ao cair (Prémio Alfaguara, English Pen AwardImpac Dublin Literary AwardPremio Gregor von Rezzori-Città di Firenze), As reputações (Prémio da Real Academia Espanhola, Premio Arzobispo Juan de San Clemente, Prémio da Casa da América Latina de Lisboa, finalista dos Prémios Médicis e Femina) e A forma das ruínas (Prémio Literário Casino da Póvoa Correntes d’Escritas, e finalista do Prémio Bienal de Novela Mario Vargas Llosa).

Tem publicados dois volumes de contos: Los amantes de todos los santos e Canciones para el incendio, assim como de dois livros de ensaios El arte de la distorsión e Viajes con un mapa en blanco, além de uma breve biografia de Joseph Conrad, El hombre de ninguna parte.

Como tradutor, foi responsável pela tradução de obras de John Hersey, John dos Passos, Victor Hugo e E. M. Forster, entre outros, e escreve regularmente em vários jornais.

Os seus livros estão publicados em 30 idiomas e mais de 40 países, com extraordinário êxito da crítica e do público. Venceu por duas vezes o Premio Nacional de Periodismo Simón Bolívar pelo seu trabalho jornalístico. No ano de 2012 foi-lhe atribuído em Paris o prémio Roger Caillois pelo conjunto da sua obra, prémio anteriormente consagrado a autores como Mario Vargas Llosa, Carlos Fuentes, Chico Buarque, Milton Hatoum e Roberto Bolaño.

Boas Leituras ❤️

Author: Ana Rute Primo

Licenciada em Educação, com especialização em Pedagogia Social e da Formação, empreendedora e autodidata do mundo digital, apaixonada por livros (tanto faz que sejam em papel como em formato ebook), viciada em bibliotecas e livrarias, adora animais e a natureza, preza o silêncio e o bem-estar físico e emocional. Traz sempre a família no coração. Podem segui-la no instagram em https://www.instagram.com/anaruteprimo .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *