Opinião: «Nevoeiro em Agosto» de Robert Domes

Título: Nevoeiro em Agosto

Autor: Robert Domes

Edição Digital: Julho 2017

Tradução: Helena Topa

Páginas: 336

Editora: Nuvem de Tinta

ISBN: 9789896652753

Sinopse

Na Alemanha nazi de 1933, um menino de 4 anos de etnia cigana é separado da sua família nómada e enviado para um orfanato. Após anos a saltar de instituição em instituição, impedido de conviver com a família e sem o afeto dos pais, o comportamento de Ernest é considerado incorrigível e o rapaz, já com 12 anos, é enviado para um hospital psiquiátrico. É aí que irá descobrir, pela primeira vez, a amizade e o amor, mas é também o momento em que começa a desconfiar do que realmente acontece naquele hospital. Pacientes que, como ele, estão de perfeita saúde física e mental, têm estranhos e repentinos encontros com doenças misteriosas – ou desaparecem.

Contada através da perspetiva do jovem Ernest, esta é a história trágica, mas verdadeira, da sua breve vida e da sua luta pela amizade e pela liberdade. Um relato de coragem e amizade num cenário desesperante de guerra e ódio que varreu a Europa durante a Segunda Guerra Mundial.

COMPRAR na WOOK

COMPRAR na BERTRAND

Opinião

Um livro tão triste sobre a vida de um rapaz, de nome Ernst Lossa, que é separado da família para andar a deambular entre lares de acolhimento e instituições de saúde mental, sendo que este menino era perfeitamente saudável do ponto de vista físico e mental. Emocionalmente, e como todas as crianças, precisava apenas de colo, de carinho, de compreensão, de amor.

E porque as atrocidades cometidas durante a Segunda Guerra Mundial não têm fim, esta criança ficou presa nas malhas de um sistema eugénico e assassino, brutalmente intolerante para com as diferenças das pessoas em relação ao arianismo, mas que vai muito para além disso. «(…) figura em primeiro lugar o genocídio sistemático perpetuado contra milhares de judeus. Por outro lado, foram perseguidas centenas de milhares de pessoas consideradas “indignas de viver”, “de raça inferior” ou politicamente indesejáveis, entre elas os ditos antissociais e indolentes, os homossexuais, as Testemunhas de Jeová, pessoas com deficiência, intelectuais, opositores políticos, indivíduos dos grupos étnicos Sinti e Roma – e também os yeniches.»

Este livro é uma biografia romanceada, ou seja, o autor baseou-se nos documentos que atestam a vivência de Ernst Lossa e em alguns familiares, mas os diálogos são ficcionais.

Se gostam de ler sobre o tema, vão, com certeza, gostar deste livro pensado para jovens adultos, com um glossário no final e também uma cronologia que nos permite estabelecer o paralelo entre a História e a vida de Ernst.

Boas Leituras ❤️

Author: Ana Rute Primo

Licenciada em Educação, com especialização em Pedagogia Social e da Formação, empreendedora e autodidata do mundo digital, apaixonada por livros (tanto faz que sejam em papel como em formato ebook), viciada em bibliotecas e livrarias, adora animais e a natureza, preza o silêncio e o bem-estar físico e emocional. Traz sempre a família no coração. Podem segui-la no instagram em https://www.instagram.com/anaruteprimo .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *