Opinião «O Legado» de Yrsa Sigurdardóttir

Título: O Legado

Autora: Yrsa Sigurdardóttir

Edição: Julho 2018

Tradução: Patrícia Müller

Páginas: 456

Editora: Quetzal

ISBN: 9789897224331

Sinopse

Uma jovem mulher é brutalmente assassinada na sua casa, em Reiquejavique. A única testemunha é a filha de sete anos, mas a criança não fala. Quando uma segunda mulher é assassinada, a polícia fica literalmente sem saber o que fazer. Entretanto, um radioamador recebe mensagens peculiares que o põem em conexão com as mulheres assassinadas, e a curiosidade move-o a começar uma investigação por conta própria. Huldar, o detetive responsável por este caso, e Freyia, a psicóloga que tem a cargo a miúda – que presenciou o homicídio -, são obrigados a trabalhar em conjunto. Mas esta colaboração não é fácil: poucas semanas antes tinham-se conhecido num bar e passado a noite juntos, e, na manhã seguinte, ao acordar, Freyia constatara, dececionada, que Huldar – que se dera a conhecer não como polícia, mas como um carpinteiro recém-chegado à cidade – se eclipsara.

Autora cimeira do supense (e dos tops de vendas) na Escandinávia e em todo o Mundo, Yrsa Sigurdardóttir mostra mais uma vez a sua competência na criação de uma história de grande ritmo narrativo, personagens inesquecíveis e uma intriga de grande inteligência.

O Legado é o primeiro livro da série DNA, também conhecida como «série Freyia e Huldar». Seguir-se-ão Abismo e A Absolvição.

COMPRAR na WOOK

COMPRAR na BERTRAND

Opinião

Yrsa Sigurdardóttir é uma das minhas escritoras favoritas. Já andava para ler O Legado há séculos. Agora, com o lançamento recente do terceiro volume da série DNA, A Absolvição, decidi dar início a esta demanda. E que bela forma de começar!

Gostei do enredo e da construção das personagens. A leitura torna-se enervante porque a autora faz muitas pausas para fazer a caracterização das personagens ou descrever situações secundárias quando, na realidade, tudo o que queremos é avançar depressa na narrativa. Não tem sempre aquele ritmo rápido, mas consegue manter-nos presos até à última página.

De um macabrismo estonteante, não aconselhado a leitores mais sensíveis, com uma atmosfera envolvente e intrincada e com um final surpreendente, inesperado. No entanto, achei as motivações do assassino pouco convincentes e realistas, mas nada que tire o prazer da leitura.

Tive pena de encontrar algumas gralhas ao longo das páginas, o que, já se sabe, sempre distrai da leitura.

Boas Leituras ❤️

Author: Ana Rute Primo

Licenciada em Educação, com especialização em Pedagogia Social e da Formação, empreendedora e autodidata do mundo digital, apaixonada por livros (tanto faz que sejam em papel como em formato ebook), viciada em bibliotecas e livrarias, adora animais e a natureza, preza o silêncio e o bem-estar físico e emocional. Traz sempre a família no coração. Podem segui-la no instagram em https://www.instagram.com/anaruteprimo .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *