Opinião «O Lugar das Coisas Perdidas» de Susana Piedade

Título: O Lugar das Coisas Perdidas

Autora: Susana Piedade

Edição: Julho 2020

Páginas: 256

Editora: Oficina do Livro

ISBN: 9789896607432

Sinopse

Numa pacata vila de província, uma criança desaparece misteriosamente a caminho da escola, deixando a mãe em estado de choque e os vizinhos incrédulos e alvoroçados. No início, todos se oferecem para ajudar Mariana a encontrar a filha, mas, como sempre acontece nos meios pequenos, as intrigas, os medos e as desconfianças acabam por desenterrar histórias do passado e segredos que se julgavam a salvo, desencantando um culpado em cada esquina.

O caso torna-se ainda mais enigmático quando, na manhã em que a Alice sumiu, quase todos os que lhe eram próximos tiveram, curiosamente, atitudes estranhas, pelo que, entre tantos rostos conhecidos, talvez ninguém esteja, afinal, completamente inocente. E o pior é que a única pessoa que assistiu a tudo é também a única que não o poderá contar.

Num romance trepidante que mantém o suspense até à última página, Susana Piedade – finalista do Prémio LeYa com o romance As Histórias Que não Se Contam – regressa ao tema da perda e da culpa, oferecendo-nos uma história profunda e surpreendente, na qual quase nada é o que parece.

COMPRAR na WOOK

COMPRAR na BERTRAND

Opinião

No ano passado li As Histórias Que Não Se Contam da mesma autora e gostei imenso. Prometi a mim própria que iria ler em 2021 O Lugar das Coisas Perdidas. Promessa cumprida!

Gosto muito da escrita da Susana Piedade, com um estilo que nos transporta para dentro da narrativa de uma forma despretensiosa e tranquila, com muita fluidez e segurança nas palavras e expressões utilizadas.

Este livro é sobre o desaparecimento de uma criança, Alice, que lança a sua vila num alvoroço, onde todos dão o seu contributo, mas onde também ninguém é o que parece ser. A pouco e pouco, vamos percorrendo a narrativa e descobrindo pequenas subtilezas, como migalhas, que nos levarão a grandes segredos e ainda maiores revelações. Todos naquele sítio têm algo a esconder. Uma trama onde todos desconfiam uns dos outros, muito bem conseguida.

Achei a história um pouco previsível, embora o final me tenha conseguido surpreender, mas como não aprecio finais em aberto, acabo sempre por sentir que fica a faltar algo. As personagens compensam isso, porque estão extramente bem construídas. Uma leitura sobre um tema muito delicado, perturbador, que nos faz refletir na forma como educamos as nossas crianças.

Curiosos?

Boas Leituras ❤️

Author: Ana Rute Primo

Licenciada em Educação, com especialização em Pedagogia Social e da Formação, empreendedora e autodidata do mundo digital, apaixonada por livros (tanto faz que sejam em papel como em formato ebook), viciada em bibliotecas e livrarias, adora animais e a natureza, preza o silêncio e o bem-estar físico e emocional. Traz sempre a família no coração. Podem segui-la no instagram em https://www.instagram.com/anaruteprimo .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *