Opinião «Pessoas Normais» de Sally Rooney

Título: Pessoas Normais

Autora: Sally Rooney

Edição: Junho 2019

Tradução: Ana Falcão Bastos

Páginas: 248

Editora: Relógio D’Água

ISBN: 9789896419363

Sinopse

Connell e Marianne cresceram na mesma pequena cidade da Irlanda, mas as semelhanças acabam aqui. Na escola, Connell é popular e bem-visto por todos, enquanto Marianne é uma solitária que aprendeu com dolorosas experiências a manter-se à margem dos colegas. Quando têm uma animada conversa na cozinha de Marianne — difícil, mas eletrizante —, as suas vidas começam a mudar.

Pessoas Normais é uma história de fascínio, amizade e amor mútuos, que acompanha a vida de um casal que tenta separar-se mas que acaba por entender que não o consegue fazer. Mostra-nos como é complicado mudar o que somos. E, com uma sensibilidade espantosa, revela-nos o modo como aprendemos sobre sexo e poder, desejo de magoar e ser magoado, de amar e ser amado.

COMPRAR na WOOK

COMPRAR na BERTRAND

Também Disponível em EBOOK

Opinião

Que desilusão!

Basicamente, todo o livro é sobre hierarquias de popularidade e a dinâmica de relacionamentos de jovens adultos, entre o final do secundário e a frequência na universidade. As personagens principais são Connell e Marianne que ora estão juntos, ora não estão, ora estão novamente um com o outro, depois já não. Nos interregnos desta relação/não relação vão experienciando outros relacionamentos, abusivos ou não, com outras pessoas, enquanto atravessam alguns dramas pessoais (família, estudos, sexo, álcool).

Não costumo ler sinopses antes de ler os livros. Normalmente só o faço, para decidir se o coloco na lista de desejos ou não. E muitas vezes leio-a na diagonal, já que as sinopses teimam, muitas vezes, em revelar mais do que o pretendido. Neste caso concreto, arrependo-me duramente de nunca ter lido a sinopse, teria percebido imediatamente que esta leitura não era indicada para mim. Embora não seja o típico romance levezinho e lamechas, foca-se muito nas relações interpessoais de adolescente e jovens adultos, muito álcool e muito sexo, o que não me acrescenta absolutamente nada.

Então o que aconteceu? Há tantas opiniões positivas sobre Pessoas Normais que decidi atirar-me de cabeça, cheia de confiança de que, também eu, iria gostar.

Tive de saltar algumas páginas, confesso, para conseguir chegar ao final, já só queria terminar a leitura. E pronto, terminei, não levo nada dela.

A escrita até é boa, a autora expressa-se muito bem, mas a história, para mim, não funcionou.

Boas Leituras ❤️

Author: Ana Rute Primo

Licenciada em Educação, com especialização em Pedagogia Social e da Formação, empreendedora e autodidata do mundo digital, apaixonada por livros (tanto faz que sejam em papel como em formato ebook), viciada em bibliotecas e livrarias, adora animais e a natureza, preza o silêncio e o bem-estar físico e emocional. Traz sempre a família no coração. Podem segui-la no instagram em https://www.instagram.com/anaruteprimo .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *