Opinião: «Raparigas Selvagens» de Rory Power

Título: Raparigas Selvagens

Autora: Rory Power

Edição: Novembro 2020

Tradução: Renato Carreira

Páginas: 384

Editora: TopSeller

ISBN: 9789895641994

Sinopse

«Tudo o que há aqui quase me destrói: o vazio do horizonte, a fome no meu corpo e perceber como conseguiremos sobreviver àquilo se não conseguimos sobreviver umas às outras.»

Há dezoito meses, a escola feminina da ilha de Raxter foi posta em quarentena. Dezoito meses em que Hetty e as suas colegas sobrevivem a algo tão desconhecido quanto sangrento.

Começou devagar e sem aviso. Primeiro, morreram as professoras, uma por uma. Depois, as alunas foram infetadas e os seus corpos mutilados pela doença. Disseram-lhes unicamente para aguardarem, em isolamento e à mercê da epidemia, até que uma cura fosse encontrada. É assim que, desde então, três amigas, Hetty, Byatt e Reese, sobrevivem.

Mas um dia, Byatt desaparece sem rasto e Hetty, desesperada, faz tudo para encontrá-la, inclusive quebrar a quarentena. Contudo, há uma outra razão para as saídas da escola terem sido proibidas. Lá fora, na escuridão da floresta, a epidemia tornou a ilha selvagem, escondendo horrores inimagináveis…

… e monstros desejosos por sangue fresco.

COMPRAR na WOOK

COMPRAR na BERTRAND

Opinião

Estava renitente em começar esta leitura por ser do género jovem adulto. Os meus receios vieram a confirmar-se.

Não foi uma má experiência de leitura, mas percebe-se que a escrita e a própria história são dirigidas para um público mais jovem. Não me acrescentou grande coisa e, aquele final em aberto, deixa antever que vem aí mais, embora a pesquisa que efetuei posteriormente se tenha tornado infrutífera.

A narrativa é sobre um conjunto de raparigas que está em quarentena na sua escola, numa ilha, por ter desenvolvido uma estranha doença que provoca mutações no corpo que ninguém sabe a que se devem e que tenta sobreviver a todo o custo. Uma distopia que, apesar da capa linda, não me convenceu. Fiquei até um pouco desiludida e desconcertada com aquele final.

Boas Leituras ❤️

Author: Ana Rute Primo

Licenciada em Educação, com especialização em Pedagogia Social e da Formação, empreendedora e autodidata do mundo digital, apaixonada por livros (tanto faz que sejam em papel como em formato ebook), viciada em bibliotecas e livrarias, adora animais e a natureza, preza o silêncio e o bem-estar físico e emocional. Traz sempre a família no coração. Podem segui-la no instagram em https://www.instagram.com/anaruteprimo .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *