Opinião “Tudo Pela Minha Mãe” de Celina Lopes

Tudo pela minha mãe

Tudo Pela Minha Mãe de Celina Lopes
ISBN: 9789897543074
Edição/Reimpressão: 05-2017
Editor: Marcador
Idioma: Português
Páginas: 324

SINOPSE

Pedro, um menino de oito anos, salta pela janela do quarto e fica na rua. Foge de quê? Porquê? Nem ele sabe a resposta. Foge dos pais, do irmão, dos ciúmes, do castigo, da sua curta vida. Foge da morte.

Nesta viagem sem destino, caminha pela aldeia e descobre o mundo inteiro. Não sabe grande coisa de coisa nenhuma, mas acaba por encontrar o sentido da vida. Encontra-o na história a preto e branco da Bruxa, na falta de dentes do louco Daniel que declama poemas de Alberto Caeiro, na carapaça partida de um caracol, no abraço apertado da Mariana que sabe ler os corações, no seu amigo Ricardo que quer ser agricultor, nas mãos sujas do Sr. Luís que não quer ir para o Lar, na Dona Madalena que se veste toda de preto e no Sr. Carlos que tem a alma em cinzas.

O Pedro (que quando for grande quer ser o Super-Homem) foge de casa apenas com o seu relógio e um saco de biscoitos porque já não suporta a dor e a doença. A sua cabeça rapada desperta atenção e pena. Carrega dores e saudades, chega ao fim-do-mundo sem dar conta das horas. Pedro foge e perde-se para se encontrar. Espera que a morte o esqueça. Sonha com o regresso aos braços da mãe. Terá tempo?

Tudo Pela Minha Mãe é uma comovente história de um filho que não se quer perder da mãe. Uma viagem real que quase parece uma fábula. O triunfo do amor contra a morte.

Comprar na Wook
Comprar na Bertrand
Comprar diretamente à autora e receber um pacote lindo

Opinião

Não é um livro para meninos… ao lermos as primeiras páginas, ficamos imediatamente de pé atrás sobre o caminho de Pedro, um rapazinho de 8 anos que salta a janela para fugir de casa.

No início, parece uma fuga inocente, apesar da constante nuvem negra que parece pairar sobre Pedro. Essa sombra impele o leitor a avançar na leitura, embora pareça um pequeno passeio no campo, tranquilo e belo.

Celina Lopes escreveu esta obra, de forma magnífica. Ela obriga o leitor a questionar o caminho e os caminhantes, basicamente todo o percurso. O passeio de Pedro torna-se numa coleção de momentos e pessoas interessantes e, diria até, peculiares.

Pedro e a sua história está carregada de dor, uma dor tão enorme para um corpo tão pequeno. Acabamos por não conseguir parar de ler para tentar perceber o porquê de tanta dor e como termina este percurso. Não posso falar sobre o final do livro. Posso apenas dizer que é arrebatador e que convém ler com uma caixinha de lenços ao lado.

É um livro lindo, recheado de personagens maravilhosas, com uma história aparentemente simples. No entanto, é muito mais do que isso. É nessa simplicidade que encontramos a essência do ser humano, da dor e até do caminho do perdão e da superação.

Vale a pena ler esta autora!

Author: Sílvia Reis

Professora de Inglês e Alemão e tradutora é, hoje em dia, mãe a tempo inteiro e trabalhadora multi-funções em part-time. O pouco, muito pouco, tempo livre que lhe resta, é utilizado para ler. Podem segui-la no Blog O Dia da Liberdade, no facebook e no instagram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *