Opinião «Uma Família Quase Normal» de Mattias Edvardsson

Título: Uma Família Quase Normal
Autor: Mattias Edvardsson
Edição: Janeiro 2020
Tradução: Carmo Figueira
Páginas: 472
Editora: Suma de Letras
ISBN: 9789896659561

Sinopse

Stella é uma adolescente comum, de uma família honesta. O pai, Adam, é pastor da Igreja da Suécia, respeitado e de uma moral irrepreensível, casado com Ulrika, advogada de defesa.

Os Sandell são a família perfeita, até que Stella é acusada do assassinato brutal de um homem muito mais velho, Christopher Olsen. Mas que motivo poderia ela ter para conhecer um homem de negócios obscuro, quanto mais para o matar? Tudo não deve passar de um erro terrível.

Neste emocionante thriller, o magistral contador de histórias Mattias Edvardsson arquitecta uma teia na qual todos se envolvem e nada é o que parece.

A história de um crime e a destruição de uma família é contada através de uma estrutura incomum de três partes que mantém o leitor a questionar tudo e todos. Tudo é virado do avesso à medida que a perspetiva muda, uma nova voz assume o controlo e novas sombras são lançadas na luz.

COMPRAR na WOOK

COMPRAR na BERTRAND

Também disponível em EBOOK

Opinião

Que leitura intensa, com um início tão inesperado que nos revela uma família que parece tudo menos normal.

A narrativa é composta por três partes, sendo que a primeira corresponde à perspetiva do pai, a segunda à da filha, acusada de assassínio, e a terceira à da mãe. Vamos conhecendo a vida e a dinâmica desta família entre retrospeções e introspeções com projeção no presente face à luz dos acontecimentos que estão a ocorrer no momento.

Só no epílogo ficamos a conhecer tudo o que realmente se passou e como, por isso preparem-se para roer as unhas mesmo até ao final desta leitura empolgante.

Adoro refletir sobre dilemas morais e éticos e este livro ofereceu-me essa oportunidade. Quantas vezes nos confrontamos durante a nossa vida com as escolhas que fizemos? E quantas vezes as fazemos para nos protegermos a nós próprios ou aos que mais amamos? Será que colocaríamos de lado os valores em que mais acreditamos para proteger um filho?

Senti também que este livro pode servir de alerta para identificar alguns sinais de alarme nos comportamentos e ações de determinadas pessoas, especialmente nas que mais amamos por termos mais dificuldade em distanciarmo-nos. Temos tendência para ignorar ou desvalorizar essas ocorrências, mas, inevitavelmente, como está mais do que comprovado, irão ter consequências nefastas a médio e a longo prazo.

O final inesperado e abrupto só veio consolidar a satisfação que senti ao longo de todo o livro.

Boas Leituras ❤️

Author: Ana Rute Primo

Licenciada em Educação, com especialização em Pedagogia Social e da Formação, empreendedora e autodidata do mundo digital, apaixonada por livros (tanto faz que sejam em papel como em formato ebook), viciada em bibliotecas e livrarias, adora animais e a natureza, preza o silêncio e o bem-estar físico e emocional. Traz sempre a família no coração. Podem segui-la no instagram em https://www.instagram.com/anaruteprimo .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *